Em jogo adiado da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro enfrenta um Flamengo em crise, nesta quarta-feira, às 20h30, no Maracanã, buscando diminuir a diferença em relação ao líder São Paulo. Em segundo lugar na classificação, o time mineiro soma 45 pontos, nove a menos do que os são-paulinos.

O técnico Dorival Júnior não poderá contar com o atacante Marcelo Moreno, autor dos dois gols da vitória sobre o Grêmio na rodada passada. O jogador foi convocado para servir à seleção boliviana no amistoso contra o Peru, em Lima. Com isso, Roni volta ao time titular do Cruzeiro.

Por outro lado, o treinador do Cruzeiro – que mais uma vez acompanhará o jogo das arquibancadas, devido à suspensão imposta pelo STJD – terá os retornos do zagueiro Emerson e do lateral-direito Jonathan, que cumpriram suspensão. Outro reforço é o meia Wagner, que volta após ter sido poupado contra o Grêmio em função de cansaço muscular.

Já o Flamengo vive momento de crise, após a derrota para o Internacional por 3 a 0, em Porto Alegre. Com esse resultado, o time carioca ficou com 29 pontos, em 16º lugar, bem perto da zona de rebaixamento do Brasileirão.

A primeira vítima dessa crise foi o meia Roger, que foi afastado da equipe pelo técnico Joel Santana, sob a alegação de que precisa recuperar a forma física. Como se não bastasse, o também meia Íbson, um dos jogadores mais regulares do time, está contundido e desfalca o Flamengo nesta quarta-feira.

Por conta dos desfalques, Joel Santana pode escalar um meio-de-campo com quatro volantes: Rômulo, Jaílton, Cristian e Toró. Assim, o meia-atacante Renato Augusto faria a dupla de ataque com Souza.