A derrota para o Joinville por 3 a 0, no meio da semana, foi a gota d’água para a torcida do Cruzeiro. Os jogadores tiveram que fugir do saguão principal do Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, para não encontrar com alguns revoltados. Para acabar com a má fase, o time mineiro precisa vencer o Internacional neste domingo, às 16 horas, no Mineirão, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Um resultado positivo serviria para afastar a distância da equipe para a zona de rebaixamento que, antes do início dos jogos do final de semana, estava em cinco pontos. “Futebol brasileiro é assim. Precisamos retomar o caminho das vitórias na nossa caminhada”, comentou o zagueiro Léo.

O Cruzeiro tem apenas uma vitória nos últimos cinco jogos. Para o duelo deste domingo, o técnico Vanderlei Luxemburgo adiantou que relacionará pela primeira vez o meia argentino Ariel Cabral. No entanto, não informou se ele será titular.

Sem poder contar com o lateral-esquerdo Fabrício, que pertence ao Inter e não joga por força contratual, Luxemburgo terá novamente uma formação diferente. Em 14 jogos sob seu comando, o Cruzeiro teve 14 escalações diferentes.