O Cruzeiro sentiu o desgaste provocado pela sequência de jogos e deve poupar alguns titulares para o duelo deste domingo contra o Avaí, às 16 horas, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Mano Menezes, assim, redobra o seu foco para o importante duelo desta quarta-feira contra o Palmeiras, em Belo Horizonte, pelo jogo da volta das quartas de final da Copa do Brasil. A primeira partida terminou em 3 a 3 e, para se classificar, o Cruzeiro precisa apenas de um empate com menos de três gols.

“Nós vamos fazer tiradas pontuais. Aqueles jogadores que tiverem um risco maior, com um desgaste maior, certamente nós não levaremos. Ou usaremos uma parte menor nos 90 minutos. Temos jogadores de qualidade”, explicou o treinador.

Poupado no empate com o Fluminense, o meia-atacante Alisson será novamente preservado. Outra ausência certa é de Ezequiel, que recebeu o terceiro cartão amarelo na última quinta-feira mesmo sem entrar em campo. A boa notícia fica pelo retorno do meia uruguaio Arrascaeta e do zagueiro Manoel, recuperados de contusão.

Ainda assim, por estar sem ritmo, a dupla não deve iniciar o duelo. “Arrascaeta ficou seis semanas fora e Manoel, 100 dias. São questões difíceis. Quanto tempo eles vão demorar para ganhar ritmo? É um campeonato longo e difícil. Temos que ter mais que 11 titulares”, acrescentou o treinador.