O atacante Kleber participou normalmente do treino do Cruzeiro nesta sexta-feira e reforçou a hipótese de que retornará contra o Santos, domingo, na Vila Belmiro. O que pesa contra o jogador é a falta de ritmo – está há quase dois meses sem atuar – e uma dor nas costas que o incomodou durante a semana.

Segundo explicou o treinador Adilson Batista, a situação de Kleber ainda não está definida. “Existe essa possibilidade (de Kleber ser relacionado), nós conversamos, mas é o que digo sobre as dores. O talento, a qualidade, o nível do jogador todo mundo conhece. Mas precisa estar trabalhando, inteiro, em condição para suportar determinada parte do jogo”, explicou.

A má notícia de sexta-feira ficou por conta do atacante equatoriano Guerrón, que sofreu um trauma no joelho direito durante o treino e precisou deixar o gramado mais cedo. Ele será reavaliado no sábado pelo departamento médico.

Quem também preocupa é o volante Fabrício. Depois de sentir um desconforto muscular na panturrilha esquerda, ele também pode desfalcar o Cruzeiro.