Com o título do Campeonato Brasileiro já garantido, o técnico do Cruzeiro, Marcelo Oliveira, mais uma vez poupará jogadores. Pelo menos cinco titulares celestes estarão de fora da partida deste sábado contra o Vasco, válida pela 36.ª rodada da competição e marcada para as 19h30, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Uma das ausências será a de Dedé, que pediu para não atuar alegando que “prefere” não enfrentar o ex-clube, pelo qual foi lançado. Mas, segundo Marcelo Oliveira, o zagueiro já seria poupado e “não jogaria de qualquer jeito”, independentemente do pedido. Ceará será mantido na defesa celeste, assim como Paulão, que continua na vaga de Bruno Rodrigo, recém-recuperado de lesão.

Além de Dedé, ainda serão poupados pelo técnico os atacantes Dagoberto e Borges para que eles possam estar à disposição no confronto contra o Bahia, no dia 1.º de dezembro, no Mineirão, quando o Cruzeiro receberá oficialmente a taça do Brasileirão. O ataque celeste ficará por conta de William e Vinícius Araújo.

Marcelo Oliveira também optou por não acionar o goleiro Fábio. “Venho trabalhando para a cada dia melhorar. Evoluir o máximo para quando o Cruzeiro precisar de um substituto a gente possa estar à altura”, observou Rafael, que terá a missão de substituir um dos heróis da conquista antecipada do título.