O Cruzeiro vai fazer a primeira partida do segundo turno do Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira, desfalcado de mais da metade do time. Do grupo normalmente escalado pelo técnico Joel Santana, sete jogadores não vão poder atuar contra o Figueirense, em jogo que está marcado para começar às 20h30, em Ipatinga (MG).

O goleiro Fábio, o zagueiro Naldo e o meia Montillo já estavam descartados para o jogo desta quarta-feira porque vão ter que cumprir suspensão automática – os três levaram o terceiro cartão amarelo na vitória por 2 a 1 sobre o arquirrival Atlético-MG no último domingo.

Na terça-feira, a situação cruzeirense se complicou ainda mais. Exames feitos no atacante Wellington Paulista e no lateral Vítor mostraram lesões nas coxas dos dois jogadores, que podem desfalcar o time por até um mês.

Além deles, o também lateral Diego Renan teve confirmado um edema na coxa e ele deve ficar afastado uma semana para se recuperar. Já Gilberto, que poderia ser uma opção para a vaga de Montillo, sentiu o tornozelo após o treino de terça-feira e também foi vetado.

Assim, a única presença já confirmada por Joel é a do goleiro reserva Rafael, para quem, além do peso de substituir Fábio, “a responsabilidade já é grande por vestir a camisa do Cruzeiro”.