A seleção cubana será a adversária do Brasil na semifinal da Liga Mundial de Vôlei. Nesta sexta-feira, a equipe caribenha superou a Itália por 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 35/33 e 25/22, e ficou com a segunda colocação do Grupo F – os brasileiros já estavam garantidos na semi como primeiro do Grupo E. As duas seleções se enfrentam a partir das 17h30 deste sábado.

Com o resultado, Cuba chegou aos quatro pontos, os mesmos conquistados pela seleção russa. Como os europeus haviam vencido suas duas partidas anteriores no tie-break, inclusive contra os cubanos, terminaram na frente nos critérios de desempate. A Itália, por sua vez, foi eliminada.

Na partida disputada em Córdoba, na Argentina, o grande destaque foi o jovem Leon, de apenas 16 anos, que terminou com 14 pontos. Pela Itália, Fei e Cernic foram os maiores pontuadores com 12 pontos.

Esta foi ainda a primeira vitória na fase final da Liga Mundial que não foi definida no tie-break. Antes, Brasil e Rússia haviam vencido suas duas partidas por 3 a 2. Ainda nesta sexta-feira, Sérvia e Argentina se enfrentam buscando uma vaga na semifinal contra os russos.