O treinador Cuca reconheceu após a goleada por 4 a 0 sobre o Vitória, no domingo, que o Fluminense está jogando no limite de suas forças. O clube, que esteve muito próximo do rebaixamento para a Série B, conseguiu deixar a zona de rebaixamento e chega à última rodada podendo permanecer na elite até com derrota.

“Completamos neste domingo 22 jogos decisivos. Viemos no fio da navalha e perdemos apenas três vezes. Estamos no limite, mesmo com o time jovem. O importante é que estamos com a cabeça boa”, disse Cuca. Além do Campeonato Brasileiro, o time carioca disputa a Copa Sul-Americana – na primeira partida da decisão, perdeu por 5 a 1 para a LDU, em Quito.

“Perdemos para a LDU e procuramos dividir a vergonha que foi lá. Quarta-feira vamos fazer de tudo para inverter”, afirmou o treinador. Embora esteja preocupado com o desgaste dos jogadores, o comandante não deixou de festejar o bom momento.

“Temos de curtir o que conseguimos. Depois de muito tempo escapamos da zona de rebaixamento. Dez jogos que estamos sem perder no campeonato. Foram sete vitórias, seis em sequência”, afirmou.

O Fluminense está com 45 pontos e ocupa a 15ª posição no Campeonato Brasileiro. Na última rodada, o time enfrenta o Coritiba, no Couto Pereira. Os paranaenses estão em 16º lugar, com 44 pontos. O Botafogo, que também briga contra o rebaixamento, tem 44 pontos e menos vitórias que os curitibanos. Com 41 pontos, o Santo André tem chances remotas de continuar na Série A.