Cuca já disse várias vezes que seu objetivo é levar o Palmeiras ao título do Campeonato Brasileiro. O treinador tem repetido isso desde foi contratado como substituto de Marcelo Oliveira durante o Campeonato Paulista e até já chegou a prometer a conquista da competição nacional. Neste domingo, após a vitória por 1 a 0 no clássico diante do Corinthians, no Allianz Parque, ele foi mais contido.

“Em cada jogo que você vence com consistência, você se credencia a coisas melhores. Mas eu não quero jogar esse peso para os jogadores”, afirmou o treinador.”Primeiramente, temos que pensar em ir para a Libertadores. Se Deus quiser, em primeiro. Lá na frente, se não der, a gente parabeniza quem foi campeão, mas tem que ficar no alto da tabela.”

Cuca revelou que usou data simbólica, o 12 de junho, dia em que o Palmeiras venceu o Corinthians e saiu da fila de 16 anos sem títulos, em 1993, para motivar o elenco antes do clássico deste domingo. “Colocamos os lances para que os jogadores entendem o que é o Palmeiras, que precisavam de um clássico convincente como o de hoje. E eles estão de parabéns.”

O Palmeiras terá, em tese, uma sequência mais fácil pela frente agora. Enfrentará Coritiba, Santa Cruz e América-MG. Nenhum desses adversários está brigando na parte de cima da tabela. Mas nem por isso Cuca afirma que terá jogos mais fáceis que o deste domingo contra o Corinthians. “Nestes sete jogos que tivemos até aqui, jogamos contra os primeiros colocados. Mas agora, se você achar que vai ser mais fácil, pode se perder. Tem que se preparar ainda mais”, enfatizou o comandante.