O Flamengo terá pelo menos duas modificações em relação ao time titular que entrou em campo no empate por 2 a 2 com o São Paulo, no último domingo. No entanto, o técnico Cuca continua mantendo o mistério sobre a equipe que enfrentará o Palmeiras nesta quarta-feira, no Maracanã. Após o treino desta terça, o treinador disse que já tem os 11 definidos, mas só divulgará a escalação momentos antes do jogo.

“Não tenho dúvidas, mas não quero ajudar o Palmeiras divulgando a nossa formação. Vou esperar um pouco mais pelo Juan, que ainda tem chances de jogar, e pelo Everton, que sentiu um incômodo hoje (terça-feira) e não treinou”, afirmou Cuca, tentando colocar em dúvida a ausência do lateral-esquerdo titular, que já está vetado, e a participação do reserva, que não deve ter problemas para atuar. Além disso, Toró também foi vetado por lesão e Aírton segue suspenso.

Para compensar os três desfalques, Cuca terá o retorno de Kléberson e Emerson. É certeza que os dois serão titulares, mas resta saber quem sai do time. Everton Silva é o mais cotado para ser um dos sacrificados, com Léo Moura voltando a atuar na ala direita. No meio-campo, a dúvida fica entre Zé Roberto e o chileno Fierro, já que Emerson retorna para formar dupla com Adriano. Se permanecer no time, Zé Roberto será recuado para a armação.

No jogo desta quarta-feira, a intenção de Cuca é começar uma arrancada para subir na tabela do Campeonato Brasileiro. “É a hora ideal para darmos uma arrancada rumo ao G-4”, disse o treinador, que terá três partidas no Maracanã – contra Palmeiras, Botafogo e Barueri. “Esses jogos são a nossa chance de encostarmos cada vez mais nos líderes”, completou. Após 10 rodadas, o time carioca está na sétima posição, com 15 pontos.