te51010205.jpg

Leléco quer vencer no futsal italiano. Ele embarcou no início do mês passado com três propostas na bagagem.

Com duas propostas no bolso, formuladas por clubes italianos, o jovem atleta curitibano Leandro Miquelussi da Silva, o Leléco, viajou há poucos dias para a Europa, onde irá tentar uma melhor sorte no futebol de salão, já que, como ele mesmo declarou antes do embarque "aqui no Brasil, principalmente em meu Estado e cidade, as chances de galpar posições de maior destaque são muito diminutas".

Leléco não revelou quais clubes lhe fizeram propostas para jogar no futsal italiano, nem as bases financeiras do contrato que deverá assinar "mas – afirmou – os valores serão em euros".

Atualmente com 18 anos, Leléco tem vasto e excelente currículo no futebol de salão paranaense e brasileiro.

Aluno de Maristas durante 14 anos, cursa hoje o 2.º ano de Educação Física na Unicenp. Seus estudos, se tudo der certo, deverão continuar em um colégio da cidade de Roma.

Currículo

Os sonhos do jovem curitibano começaram nos idos de 1992, quando foi registrado na Federação Paranaense de Futebol de Salão pela equipe do Colégio Marista Paranaense, o qual defendeu por longos 14 anos.

Foi 3.º colocado na Taça Paraná de futsal em 1994, categoria fraldinhas, na qual foi artilheiro com 14 gols marcados em 9 partidas. No ano seguinte, no Torneio Início, já então como pré-mirim, ganhou o título pelo time do Marista Paranaense e, em 1996, foi vice-artilheiro com 68 gols marcados no campeonato metropolitano.

Em 1998, novamente participando da Taça Paraná da FPFS foi o grande artilheiro da categoria mirim com 28 tentos assinalados na temporada. Nesse mesmo ano conquistou o vice-campeonato de futebol de campo na categoria Dente de Leite, defendendo as cores do Coritiba FC, seu clube do coração.

Seu sucesso não parou por aí. Muito pelo contrário, ano após ano, Leléco fazia a alegria da sua equipe e de seus companheiros, já sendo olhado como uma das maiores e mais gratas revelações do futebol de salão e futebol de campo do Paraná.

No ano 2000, foi campeão e artilheiro do Torneio "Piá Bom de Bola" na fase municipal de Curitiba; campeão e vice-artilheiro nos Jogos Infantis de Curitiba, e 3.º colocado na Copa Brasil Escolar disputada na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte.

Sua participação a nível internacional começou em 2001, quando foi medalha de bronze na International Cup.

Em 2002 recebeu a medalha de bronze como 3.º colocado no Campeonato Metropolitano da FPFS.

Já em 2003, então na categoria infanto-juvenil, disputou a 4.ª Copa Curitibana, sagrando-se seu maior artilheiro, com 47 gols.

Fechando essa rica folha de conquistas, Leléco foi campeão e artilheiro do XI Curitiba International Cup em 2004, pela categoria/86, e ainda, de quebra, vice-campeão e vice-artilheiro do Campeonato Metropolitano, categoria Juvenil/Sub20.

Como se vê, o jovem curitibano desembarca na Itália com um prontuário eivado de grandes conquistas, inúmeros troféus e centenas de medalhas. Tem, de fato, tudo para galgar o sucesso e a fama. Este é, pelo

menos, o mínimo que nós, cá de casa e toda a equipe de esportes da Tribuna deseja ao Leléco.