Rio de Janeiro – Depois do choro de terça-feira, Daiane dos Santos voltou a sorrir, otnem, sugerindo que o estresse foi passageiro, apesar de ter novamente criticado o assédio de jornalistas e fãs – que considera excessivo -durante os treinos para a terceira etapa da Copa do Mundo de Ginástica. Ao lado de Daniele Hypólito e Camila Comin, Daiane foi confirmada entre as três atletas que formarão a seleção brasileira, durante a disputa da competição que começa amanhã e vai até domingo, no centro de convenções Riocentro em Jacarepaguá.

“As pessoas sempre esperam mais de você e, quando as coisas ruins acontecem, mesmo não estando lá, fazem comentários desagradáveis”, afirmou Daiane, ainda demonstrando ressentimento e abatimento pelas críticas recebidas por causa do mau desempenho no evento teste para os Jogos Olímpicos da Grécia em Atenas, no mês passado.