A ginasta Daiane dos Santos concluiu o seu retorno às competições com mais dois ouros neste domingo. Após conquistar duas medalhas douradas no sábado, a atleta levou mais dois títulos no Campeonato Paulista de Ginástica Artística, que foi disputado em São Paulo, no Pinheiros, clube onde treina a própria Daiane.

Sem competir desde a Olimpíada de Pequim, em 2008, a ginasta voltou depois de cumprir uma suspensão de cinco meses por doping. Antes disso, Daiane já vinha lidando com seguidas lesões no joelho. Em sua carreira, que inclui o título mundial em 2003 e duas participações em Jogos Olímpicos, já foram três cirurgias na articulação.

Enquanto no sábado Daiane levou o ouro no individual geral e por equipes, neste domingo a ginasta estava classificada para as finais dos quatro aparelhos, mas preferiu competir apenas no solo e nas barras paralelas. Assim, optou por se poupar e abriu mão de disputar as decisões do salto e da trave.

No solo, sua especialidade, Daiane aproveitou o baixo nível técnico da competição para sobrar na disputa. Sem utilizar mais a música Brasileirinho como tema, a ginasta fez uma boa série ao som de ritmos latinos e conseguiu 13,750 pontos, contra apenas 12,600 da segunda colocada Mayara Lima. Já nas barras, Daiane fez 12,900 pontos e ficou novamente à frente de Mayara, com 12,500.

Agora, Daiane se prepara para disputar o Campeonato Brasileiro, em Vitória (ES), entre 4 e 8 de agosto. Somente após a competição será definido se a ginasta terá condições de voltar a representar a seleção brasileira, que tem como próximos compromissos o Pan-Americano e o Mundial da Holanda, em Roterdã, na segunda quinzena de outubro.