Destaca-se como páreo mais importante desta tarde, em São Paulo, o Grande Prêmio João Thomaz de Aguiar, que se apresenta com apenas cinco éguas de três e mais anos, entre as quais Dama da Arte, de Gelson Luiz Cima, que será apresentada por Ricardo Bueno Colombo e, como vem de fácil no Tarumã, é apontada como favorita pela Revista Truf Brasil, figurando Queenlike, Dona di Napole e Leggera como suas maiores rivais.

Além de Dama da Arte, mais seis animais do Tarumã estão inscritos: Tritritran (G. F. Santos), do Haras dos Girassóis, que vindo de vitória no Tarumã, atuará no quarto páreo, sem figurar entre as favoritas, naturalmente porque enfrentará potrancas até duas vitórias, figurando Jeu e Happy Again como forças.

O sexto páreo conta com três potrancas daqui: Linda Ex (A. A. Farias), do Haras Springfield; Xoema (R. F. Silva), do Haras Moema; e Okara Poty (I. Oliveira), do Stud Mandrake, sendo esta indicada pela Revista Turf Brasil como favorita e Xoema como sua maior rival, enquanto Linda Ex é indicada como quarta força.

Dioríssimo de Dior, da Coudelaria Baptista, correrá na sétima prova, depois de vencer em São Paulo, na última apresentação. Focus é o favorito, mas caso a prova passe para areia, o pensionista de Márcio Ferreira Gusso correrá como favorito.

Way Word, do Stud Neto do P. K.B., preparada no Tarumã por Marcus Vinicius Lanza, atuará no último páreo, sem figurar entre os mais cotados, pois chegou descolocada as três últimas vezes que correu no Tarumã.

Festival de Dubai

O internacional Racing Carnival, em Dubai, vai começar na próxima quinta-feira, dia 18.

Na primeira reunião vários brasileiros estarão competindo, inclusive alguns que foram treinados no Tarumã por Pedro Nickel Filho, entre os quais Bandido Secreto no Al Maktoum Challenge, grupo 3, com bolsa de US$ 200.000, em 1.600 metros, areia, destacando-se, ainda, Alcomo, em 1.800 metros, areia; Comandante Xará, em 1.400 metros, areia; Alto Taquari, em 1.500 metros, grama.

Tríplice Coroa da Gávea

O Grande Prêmio Henrique Possolo, grupo 1, primeira prova da Tríplice Coroas de Éguas, está marcado para o dia 10 de fevereiro, na distância de 1.600 metros, em pista de grama, com a participação de potrancas que atuarão na tarde de hoje, na principal prova da reunião promovida pelo Jockey Club Brasileiro.

Potros correm amanhã

A preparatória para a Tríplice Coroa de Potros será realizada na tarde de amanhã, com a participação de 20 produtos de 3 anos de idade hípica, devendo a grande maioria, independente do resultado da preparatória, participar do Grande Prêmio Estado do Rio de Janeiro (Grupo 1), no dia 11 de fevereiro, na distância de 1.600 metros em pista de grama.

Tríplice Coroa do Tarumã

Ao contrário da Gávea e Cidade Jardim, potros e potrancas, de 3 anos, participarão juntos da Tríplice Coroa promovida pelo Jockey Club do Paraná, figurando como primeira o Clássico Luiz Gurgel do Amaral Valente (L), marcada para o próximo dia 9 de fevereiro, em 1.600 metros.

Potrancas já brilharam

É claro que a maioria dos tríplices coroados foram potros, mas três extraordinárias éguas do turfe paranaense também conquistaram o ambicionado titulo, sendo Bastilha (1948),

no antigo Hipódromo do Guabirotuba, enquanto Harmony (1957) e Kaki (1958) foram tríplices coroadas no Tarumã.