Liberado pelo técnico Dunga do jogo contra a Venezuela, pelas Eliminatórias da Copa, o lateral Daniel Alves se mostrou entusiasmado sobre a intenção do Barcelona em contratar o atacante Robinho, do Manchester City.

A operação está prevista para janeiro de 2010 e Robinho já afirmou publicamente seu desejo de ir ao clube catalão. “Seria fantástico. É um jogador magnífico e uma excelente pessoa, creio que encaixaria perfeitamente no ataque do Barcelona”, ressaltou Alves, que atendeu a imprensa na Cidade-Esportiva Joan Gamper, na cidade espanhola.

Daniel também se mostrou solidário com o seu amigo e companheiro de clube Lionel Messi, alvo de duras críticas na Argentina por não mostrar na seleção de seu país o mesmo futebol do Barcelona.

“Acho um erro criticar Messi. Ele não pode resolver tudo sozinho. O que existe é muito nervosismo lá por parte de todos e isso não é nada bom”, declarou o lateral.

Alves assegurou que seria melhor ver a Argentina fora da Copa, mas fez uma ressalva. “Seria um adversário menos, mas um Mundial sem o nº1 do mundo que é Messi e sem a Argentina seria menos interessante”.

Com relação ao Barcelona, líder isolado da Liga Espanhola, com 18 pontos após seis rodadas, Daniel Alves afirmou que a mentalidade desse ano é a mesma do anterior.

“Não existe nada de relaxamento. Estamos mentalizados para ganhar todos os títulos possíveis “. No próximo sábado, o adversário é o Valencia, no estádio Mestalla.

Alves só se esquivou do tema do momento do futebol espanhol. Um “bruxo” se diz responsável pela lesão de tornozelo do astro do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, que deixará o português afastado dos gramados durante um mês.

O indivíduo da cidade de Málaga, mais conhecido como “Pepe”, afirmou que recebeu dinheiro de uma ex-namorada de Cristiano Ronaldo e fez um “vudu” para prejudicá-lo como atleta. O bruxo dá a entender que a “encomenda” foi da multimilionária Paris Hilton.

Questionado sobre o tema, Daniel Alves que é baiano de nascimento e de macumba já escutou muitas coisas, preferiu se prevenir. “Deus me livre, não vou responder nada sobre isso. E se o bruxo se irrita e vem atrás de mim?” disse para a gargalhada de todos.

Lucas Duarte, de Barcelona, especial para o Paraná Online