Daniel Alves admitiu nesta terça-feira que o estilo de jogo do Barcelona na época do técnico Josep Guardiola era “monótono”. Para o brasileiro, o time não vive seu melhor momento, a exemplo da era Guardiola, mas agora conta com “variações” inseridas pelo novo treinador, o argentino Tata Martino.

“Não estamos no nosso melhor momento em campo, mas as comparações não são legais. Temos um estilo diferente agora. Antes éramos monótonos e agora introduzimos variações que estão indo muito bem”, avaliou o brasileiro, referindo-se ao estilo que tinha críticos por causa da excessiva valorização da posse de bola e das poucas finalizações.

Daniel Alves, contudo, reconhece que, mesmo sem mostrar a superioridade exibida na época de Guardiola, o Barcelona segue dominante neste início de temporada europeia. “Jogamos tentando fazer bem as coisas para colher os resultados que são possíveis”, afirmou o jogador.

Em 11 jogos disputados nesta temporada, o invicto Barcelona venceu 10 e registrou apenas um empate. Sob o comando de Martino, o time já venceu a Supercopa da Espanha, ocupa a liderança isolada do Campeonato Espanhol e pode garantir a classificação antecipada na Liga dos Campeões se vencer o Milan, nesta quarta, no Camp Nou.

Diante destes números, o brasileiro nega que o Barcelona tenha abandonado a filosofia de Guardiola para jogar apenas em busca dos resultados. “Não acho que seja isso. Continuamos a dominar as partidas. Nosso jogo não se baseia mais apenas na posse de bola. Este time tem muitas coisas a dar ao mundo do futebol”, afirmou.