O Internacional viajou nesta terça-feira a Quito, no Equador, com dois desfalques na delegação. Para o jogo de volta da Recopa Sul-Americana contra a LDU, o técnico Tite não terá à disposição o lateral-direito Bolívar, expulso na partida de ida, e o volante Sandro, que segue lesionado. No entanto, apesar de não revelar, o treinador já parece ter definido os substitutos.

Na vaga de Bolívar, o zagueiro Danilo Silva deve ser improvisado na lateral. Já para o lugar de Sandro, Tite tem duas opções, mas tudo indica que fará a mesma escolha da final da Copa do Brasil. Mesmo com o Inter precisando reverter a vantagem da LDU, que venceu por 1 a 0 no Beira-Rio, o treinador deve manter Glaydson no time, atuando com três volantes. Assim, Andrezinho fica no banco.

Antes do jogo decisivo, que acontece nesta quinta-feira, às 21h50 (de Brasília), o Inter fará dois treinamentos em Quito. O primeiro será ainda na noite desta terça, no Estádio Atahualpa. Já na quarta, a equipe gaúcha fará o reconhecimento do gramado no local da partida, o Estádio Casablanca. No confronto, Tite deve mandar a campo a seguinte formação: Lauro; Danilo Silva, Índio, Danny Morais e Kléber; Glaydson, Magrão, Guiñazu e D’Alessandro; Taison e Nilmar.