David Ferrer garantiu a vaga no ATP Finals, torneio que conta com os oito melhores tenistas da temporada, em novembro, na cidade de Londres. O espanhol confirmou a classificação ao somar os pontos das quartas de final do Torneio de Pequim, disputado na semana passada.

Ferrer chegou aos 4.900 pontos na temporada e não poderá ser mais tirado do Top 8 até o fim da temporada. O espanhol de 31 anos disputará o restrito torneio pelo quarto ano consecutivo. Ao todo, ele já fará sua quinta participação. “Estou muito feliz por ter me classificado para o ATP Finals pela quinta vez”, comemorou.

“No começo do ano, você sempre estabelece como objetivo chegar a Londres e, se você termina a temporada entre os oito melhores, você realmente teve uma boa temporada”, disse Ferrer, ansioso para jogar novamente na elogiada Arena O2. “A Arena é um lugar incrível para jogar. Os fãs do tênis ajudar a deixar o torneio mais vivo”.

Para chegar a mais um ATP Finals, Ferrer faturou dois títulos neste ano (Auckland e Buenos Aires) e foi finalista de um Grand Slam pela primeira vez na carreira, em Roland Garros. Chegou ainda às quartas de final dos outros três torneios deste nível na temporada. Com estes resultados, alcançou seu melhor ranking da vida, ao figurar em 3º, em julho.

Ferrer é o quarto tenista a confirmar vaga na próxima edição do ATP Finals. Antes dele, o também espanhol Rafael Nadal, o sérvio Novak Djokovic e o escocês Andy Murray garantiram seus lugares no torneio disputado entre os dias 4 e 11 de novembro. Murray, que passou por recente cirurgia nas costas, ainda não confirmou sua participação.

Nas duplas, o Brasil terá um representante. Bruno Soares jogará ao lado do austríaco Alexander Peya. Ele foram a segunda dupla a se classificar para o torneio britânico.