Na sua volta ao Campeonato Brasileiro da Série B, depois de garantir o acesso na Série C no ano passado, o CRB estreou com o pé direito ao vencer o Bragantino por 2 a 0, neste sábado à noite, no Estádio Rei Pelé, no fechamento da rodada inaugural da temporada. O time aproveitou a falta de qualidade da equipe paulista para ganhar com amplos méritos.

Apesar de nove times terem vencido nesta rodada e terem os mesmos três pontos, o CRB divide a liderança com Sampaio Corrêa e Macaé porque foram os times que marcaram dois gols. O Bragantino, com dois gols negativos, divide a lanterna com os perdedores por dois gols de diferença: Vitória e Santa Cruz.

Nem a ressaca pela conquista do seu 28.º título alagoano em cima do Coruripe, por 4 a 0, tirou a disposição do CRB. O time da casa começou avançado, em alta velocidade e buscando o gol. Este não demorou a sair. Aos 15 minutos, Maxwell levantou do lado

direito, a defesa tentou fazer a linha de impedimento e Clebinho deu uma verdadeira “chifrada” na bola.

O time paulista não mudou sua postura, mas pouco chegou ao ataque. De outro lado, quase o CRB ampliou aos 35 minutos num chute de fora da área de Maxwell. Lauro defendeu em dois tempos.

O Bragantino voltou mais adiantado no segundo tempo, tentando fazer “uma pressão” no time da casa. Mas deixou espaços para os contra-ataques do CRB. Que só não comemorou o segundo gol por um erro da arbitragem, que anotou impedimento num lance legal.

Fernando foi lançado pela esquerda em condições legais e cruzou para trás para Maxwell, que completou de chapa para as redes. Era para ser 2 a 0, aos sete minutos.

O campeão de Alagoas continuou aproveitando bem suas descidas. E teve outra chance de ouro aos 11 minutos. Maxwell levantou do lado esquerdo e do outro lado o zagueiro Daniel Marques cabeceou de cima para baixo. A bola tocou no pé de Lauro, na trave e

saiu.

Aos 32 minutos, Isaac foi expulso por dar uma solada no peito do goleiro Júlio César. Para selar o placar, aos 37 minutos, o goleiro Lauro trombou com o zagueiro Leandro Silva e a bola sobrou para Daniel Cruz. Ele ajeitou no peito e mandou para o gol vazio. No final do jogo, por reclamação, Erick Luis foi expulso.

Na segunda rodada, o CRB vai até o Rio de Janeiro, no próximo sábado, às 16h30, pegar o Botafogo. No mesmo dia e horário, o Bragantino receberá o Paysandu.

FICHA TÉCNICA

CRB 2 X 0 BRAGANTINO

CRB – Júlio César; Paulo Sérgio, Daniel Marques, Audálio e Gleidson Souza (Yago); Glaydson Almeida, Leandro Brasília (Kenedy), Fernando e Clebinho; Maxwell e Zé Carlos (Daniel Cruz). Técnico – Alexandre Barroso.

BRAGANTINO – Lauro; Pedro (Guilherme), Leandro Silva, Fernando e Pará; Graxa, Rodney, Samuel e Erick Luis; Gustavo Tocantins (João Vitor) e Pedro Henrique (Isaac). Técnico – Osmar Loss.

GOLS – Clebinho, aos 15 minutos do primeiro tempo; Daniel Cruz, aos 37 do segundo.

ÁRBITRO – Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE).

CARTÕES AMARELOS – Pedro Henrique, Pedro, Graxa, João Vitor e Erick Luis (Bragantino).

CARTÃO VERMELHO – Isaac e Erick Luís (Bragantino).

RENDA – R$ 34.478,00.

PÚBLICO – 2.203 pagantes (3.972 total).

LOCAL – Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).