Depois de amargar uma Copa do Mundo em que teve um rendimento abaixo do esperado e curtir férias em seguida, o astro Lionel Messi se juntou ao restante do grupo de jogadores do Barcelona nesta segunda-feira, em Seul, na Coreia do Sul, onde a equipe espanhola irá disputar um amistoso contra estrelas da liga de futebol sul-coreana, nesta quarta.

Em sua chegada ao país oriental, Messi evitou lamentar o seu desempenho no último Mundial – no qual não fez nenhum gol e a Argentina foi eliminada nas quartas de final ao perder de 4 a 0 para a Alemanha – e ressaltou a sua vontade de ganhar novos títulos com a camisa do Barcelona. “Os objetivos são os mesmos de cada ano. Poder ganhar tudo. Sabemos que é difícil, mas temos um elenco muito bom para repetir (o feito)”, disse.

Messi participou de uma entrevista coletiva nesta segunda-feira ao lado do lateral-direito brasileiro Daniel Alves, na qual comentou brevemente sobre a última Copa. “A mim me afetou e muito (a eliminação) porque não esperava cair contra a Alemanha, mas isso acabou e não se pode fazer mais nada. Olhar para trás seria um erro”, reforçou.

O craque argentino lembrou também que o fato de a Espanha ter sido campeã mundial pela primeira vez aumentará ainda mais a motivação dos jogadores do Barcelona que fizeram parte da campanha espanhola na África do Sul. “O grupo está outra vez com vontade de começar (a buscar títulos), os campeões do mundo vão vir com vontade”, disse.