O meia Everton Ribeiro ficou fora da maior parte dos treinamentos do Cruzeiro na semana passada e não participou do jogo do último domingo com o Boa, pelas semifinais do Campeonato Mineiro, em razão de dores na panturrilha. Agora, o jogador retorna ao time no duelo de quinta-feira com a Universidad de Chile, fora de casa, pela Copa Libertadores, e garante que está 100% e pronto para o decisivo duelo.

“Fiquei a semana passada parado porque estava com dores, o departamento de fisioterapia deu todo o suporte, tirou todas as dores e agora estou 100%. Treinei ontem e hoje (segunda e terça-feira) e estou preparado e confiante na conquista dos três pontos”, disse.

Uma vitória do Defensor sobre o Real Garcilaso, nesta terça-feira, no Peru, obrigará o Cruzeiro a vencer a Universidad de Chile para seguir vivo na Libertadores. Everton Ribeiro, porém, garante que o Cruzeiro só conta com um triunfo em Santiago, independentemente do resultado do jogo do time uruguaio.

“Independente do resultado do jogo de hoje (terça-feira), a gente precisa ganhar. Saindo uma vitória do Real Garcilaso ou não, os três pontos são imprescindíveis para a gente e temos que conseguir essa vitória lá de qualquer maneira”, declarou.

Para Everton Ribeiro, Cruzeiro e Universidad de Chile possuem estilo de jogo parecidos. Por isso, quem se impor, ficará próximo da vitória na próxima quinta-feira. “São duas equipes técnicas, que gostam de trabalhar a bola, manter a posse da bola. Quem conseguir fazer isso melhor vai sair com um bom resultado lá e espero que isso nos ajude também”, afirmou.

Após quatro rodadas, o Cruzeiro soma quatro pontos, um a mais do que o Real Garcilaso, e está em terceiro lugar no Grupo 5 da Libertadores. A Universidad de Chile lidera a chave com nove e o Defensor é o segundo com sete pontos.