Foto: Allan Costa Pinto
Prince Dodge, de propriedade de José Luiz Ferreira da Rocha, conseguiu sua décima sexta vitória, sob os cuidados de Antenor Menegolo Neto e dirigido por Francisco Anderson.

Como se esperava, Prince Dodge venceu a Prova Especial César de Oliveira Franco, corrida mais importante de ontem, no Tarumã, assinalando a ótima marca de 1?27?2 para os 1.400 metros, ficando a um segundo do recorde de Seu Larossa. Sol da Toscana e El Magic brigaram pela ponta na primeira parte do percurso, mas no final foram amplamente dominados por Prince Dodge, com Sol da Toscana na segunda colocação.

Prince Dodge, defendendo a farda de José Luiz Ferreira da Rocha, foi apresentado em grande forma por Antenor Menegolo Neto e dirigido com tranqüilidade por Francisco Anderson.

Provas complementares

Upset Variety, do Haras Palmerini, confirmou vencendo com autoridade a segunda prova. Depois de dominar Mister Black Boy na primeira parte do percurso, seguiu até o final com Bricolage na segunda colocação. Upset Variety foi apresentado por Márcio Ferreira Gusso e dirigido por Elizeu Pires dos Santos.

Ouro do Porã venceu a terceira prova, dominando Noite de Verão nos últimos 100 metros, com Odonata na posição imediata. O vencedor, do Haras Carolina Maria, foi apresentado por Benjamin Gomes Pereira e dirigido com tranqüilidade por G. Silva.

Rob Boy venceu a quarta prova dominando o favorito Sans Souci nos 100 metros finais, com Findlander?s mais atrasado na terceira colocação. Rob Boy, do Haras Anderson, dirigido por Francisco Anderson, foi apresentado por Antenor Menegolo Neto.

Depois de brigar com Petite Giggi e Sensor, Navarone assumiu a ponta e seguiu até o final, para vencer facilmente a quinta prova com Petite Giggi e Hot Hup nas posições imediatas. Navarone, de Ivo Hasselmann Marques, marcou a terceira vitória de Antenor Menegolo Neto, sob a direção de Emerson Soares.

Esbelta confirmou seu favoritismo na sexta prova. Depois de dominar Tarantina Say, na entrada da reta, seguiu até o final, sem ser ameaçada por Boy Band e Renitente, que terminaram nas posições imediatas. Apresentada por Alcione Menegolo e dirigida por Francisco Anderson, defendeu a farda do Haras Coruja.

Gable, de criação e propriedade da Coudelaria Baptista, estreou com fácil vitória, de ponta a ponta, com ampla vantagem sobre Hiper Pit e Half Moon que chegaram nas posições imediatas. Gable foi apresentado por Márcio Ferreira Gusso e dirigido por Elizeu Pires dos Santos.

A penúltima prova foi vencida por Séphia. A favorita Square Dance correu na ponta, mas esmoreceu nos 200 finais, sendo dominada por Sephia que, em forte atropelada, dominou a corrida, com Voli Guardi e Square Dance nas posições imediatas. Séphia, do Haras Cifra, foi preparada por Jairo Borges.

Ellysio venceu de maneira convincente a prova de encerramento. Fortune Hunter correu na ponta, mas no final foi suplantada pelo defensor  da farda de José Monteiro, figurando Tieta de Miucha na terceira colocação. Preparado por D. Vieira Ellysio, recebeu a direção de José Marcelo Ventura.