O Fluminense conquistou nesta quarta-feira a sua quinta vitória em seis jogos no segundo turno e caminha bem na tentativa de entrar de vez na briga pelas primeiras colocações. Os 3 a 1 sobre o Avaí foram construídos com dois gols de Fred, um deles irregular, mas mais auspicioso foi ver Deco de volta ao time depois de 13 rodadas.

O luso-brasileiro entrou aos 28 do segundo tempo, quando o jogo se complicava para os cariocas, e iniciou a jogada do terceiro gol. “Jogar é muito bom. Voltar a fazer o que eu gosto, a viver os treinamentos, a rotina. Estou feliz”, comemorou Deco, que chegou a pedir para não receber seu alto salário enquanto não voltasse aos gramados.

Com 40 pontos, o Fluminense se mantém em quinto lugar. Os catarinenses estão em penúltimo, com 22, e o rebaixamento a cada dia fica mais concreto.

Com cinco minutos de jogo, Fred colocou o time da casa na frente, aproveitando rebote do goleiro Felipe em chute de Marquinho. Ficava no ar a ideia de que a partida seria conduzida com tranquilidade.

Mas o Avaí empatou em falha de Mariano, três minutos depois. Lincoln interceptou o passe no meio de campo, invadiu a área e matou a defesa com uma deixada de costas para William ajeitar e chutar no canto esquerdo superior de Diego Cavalieri.

Aos 34, Marquinho apareceu no ataque mais uma vez e tocou meio sem jeito para Fred, em posição de impedimento, chutar colocado no cantinho esquerdo de Felipe.

O segundo tempo ameaçou pender para o lado visitante, mas a sorte estava ao lado dos comandados de Abel Braga. Dirceu acertou a trave aos 15, de cabeça, e o Avaí cercava com perigo a área tricolor quando Abel decidiu mexer no time.

Entraram Deco e Martinuccio e deram articulação e velocidade à equipe. Aos 34, Deco lançou Mariano, que cruzou rasteiro na medida para Martinuccio completar e fazer seu primeiro gol pelo novo clube.

FICHA TÉCNICA:

Fluminense 3 x 1 Avaí

Fluminense – Diego Cavalieri; Mariano, Digão, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Diogo, Marquinho (Souza) e Lanzini (Deco); Rafael Sóbis (Martinuccio) e Fred. Técnico – Abel Braga.

Avaí – Felipe; Arlan, Dirceu, Gian e Romano (Estrada); Bruno Silva (Fabiano), Batista, Cleverson (Maurício) e Lincoln; Robson e William. Técnico – Toninho Cecílio.

Gols – Fred, aos 5 e 34, e William, aos 8 minutos do primeiro tempo. Martinuccio, aos 34 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Fabrício Regis Correa (RS).

Cartões amarelos – Edinho, Leandro Euzébio, Carlinhos, Bruno Silva e Dirceu.

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio do Engenhão, no Rio.