A novela da contratação de Matías Defederico pelo Corinthians parece finalmente ter chegado ao fim. O meia argentino desembarcou na manhã desta segunda-feira no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, e seguiu direto para o Parque São Jorge. A apresentação oficial deve acontecer na terça-feira. O contrato provavelmente será assinado na quarta e na quinta pode ser realizada uma festa para que a torcida conheça o novo jogador do time.

E esta apresentação já causa polêmica. O departamento de marketing – que viabilizou a contratação colocando parte do que tem a receber da Nike até 2012 (R$ 16,5 milhões) como garantia dos R$ 7,5 milhões que precisa pagar ao Huracán – queria uma festa no Parque São Jorge, com a presença de torcedores, em menor escala, mas parecida com a chegada de Ronaldo. O departamento de futebol acha inviável e prefere a tradicional entrevista na sala de imprensa do clube.

O marketing quer que Defederico caia logo nas graças da Fiel porque não pretende utilizar o dinheiro da Nike para pagar o jogador. O objetivo é “bombar” a imagem do argentino para a venda de produtos, receita que faria o clube arcar com as parcelas do acordo. Ele será chamado de “o novo Tevez” para ter mais fácil associação com o torcedor corintiano e usará o mesmo número de Carlitos: 10.