O último Atletiba de 2017 marcado para este domingo (10), às 11h, na Arena da Baixada, terá um duelo especial e de jogadores que não atuaram nas últimas rodadas do Brasileirão por Atlético e Coritiba. General da defesa atleticana, o zagueiro Thiago Heleno travará uma disputa em particular com o atacante Kléber, que cumpria suspensão, não joga desde o início de julho e vai entrar para a partida com fome de gol.

Além disso, os dois jogadores são verdadeiros líderes dentro dos seus elencos. Thiago Heleno, ídolo do torcedor atleticano, volta de lesão e com a chance de manter o bom rendimento recente do Furacão no Brasileirão. Além de ser o principal defensor do elenco, o jogador é também uma peça importante para o setor ofensivo. Sempre perigoso nas bolas paradas, ele é o vice-artilheiro do Rubro-Negro no Campeonato Brasileiro, com três gols marcados, somente um atrás do lateral-esquerdo e meia Sidcley.

No entanto, Thiago Heleno terá uma missão e tanto pela frente no Atletiba: marcar o atacante Kléber, que não entra em campo há dois meses e é o principal jogador do Verdão atualmente. Sem o Gladiador em campo, o desempenho do Coxa cai muito de produção e, por isso, o atleta é a grande esperança para o embate contra o seu maior rival.

Kléber ficou de fora de 12 jogos do Coritiba no Brasileirão. O jogador, que no início da competição viu o clube brigar pelas primeiras posições, volta à equipe alviverde em uma situação mais delicada. O Coritiba está na porta da zona de rebaixamento e podendo entrar na área de risco caso não vença o clássico.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

Assim, com os dois jogadores novamente à disposição dos técnicos Fabiano Soares, do Atlético, e Marcelo Oliveira, do Coritiba, o duelo em campo será um atrativo a mais para o Atletiba. Além de importantes em campo para suas equipes, tanto Thiago Heleno, quanto Kléber têm o poder de desequilibrar uma partida, além de dar aquela apimentada que todo bom clássico merece.