A chegada do técnico Vanderlei Luxemburgo deu novo ânimo ao Flamengo. Com vitória sobre o Atlético-GO e empate com o Avaí, o time carioca chegou ao 14º lugar, com 34 pontos, e se afastou um pouco da zona de rebaixamento. Diante disso, já começou a sonhar mais alto. O atacante Deivid, por exemplo, disse acreditar até mesmo numa vaga na Libertadores.

“Quem sabe ainda podemos sonhar com uma vaga na Libertadores. Enquanto for possível, temos que buscar isso”, disse Deivid, lembrando que o Flamengo terá três jogos seguidos contra times que brigam pela vaga na competição continental ou pelo título – Inter, Corinthians e Vasco – e espera embalar uma sequência importante de vitórias.

“Temos nove decisões nesse Brasileiro e precisamos sonhar alto, pensar grande. Acredito que podemos vencer os nove jogos. A intenção é essa: sempre subir na tabela. Estes três jogos servem para darmos início a essa trajetória. O objetivo inicial é a Sul-Americana, mas quero sempre beliscar a Libertadores quando possível”, avisou Deivid.

“O que vale destacar na chegada do Vanderlei é a mudança na forma do time jogar e a motivação. Isso foi bom para nós, já que somamos quatro pontos em dois jogos”, admitiu Deivid, que, com a contusão do atacante Val Baiano, volta a ser titular do Flamengo no jogo deste sábado, contra o Inter, no Engenhão, pela 30ª rodada do Brasileirão.