O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, achou correta a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) de arquivar o pedido de anulação do clássico Fla-Flu. Depois de abrir o procedimento na última segunda-feira, o presidente do tribunal, Ronaldo Piacente, acatou pedido da procuradoria nesta quinta-feira e arquivou o caso.

“Achei a decisão correta. Futebol se decide no campo”, disse Del Nero, nesta sexta-feira, logo depois de acompanhar a convocação da seleção brasileira, na sede da CBF, para os compromissos contra Argentina e Peru pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018. O cartola sentou na primeira fila do auditório e conversou rapidamente com os jornalistas logo após a entrevista coletiva do técnico Tite.

Del Nero disse ainda que a situação do árbitro Sandro Meira Ricci, que foi o protagonista do clássico Fla-Flu da semana passada ao voltar atrás duas vezes na decisão que anulou gol do Fluminense – motivo que levou o clube a pedir a anulação do jogo, por considerar que houve influência externa – precisa ser analisada pela Comissão de Arbitragem da CBF. O dirigente procurou não culpar o juiz. “Acho ele um bom árbitro”, afirmou.