O Jockey Club do Paraná vem promovendo corridas apenas duas vezes por semana. É pouco, sem dúvida, mas melhor que a desastrosa experiência da promoção de corridas diurnas, sem transmissão via satélite, o que marginalizou o turfe paranaense do cenário nacional.

Os resultados financeiros das simulcastings, especialmente o sucesso do Grande Prêmio Paraná, realizado numa sexta-feira, em simulcasting com a Gávea e apostas através das agências de São Paulo e Rio de Janeiro, porém, trouxe maior ânimo e motivação para aqueles que exercem suas atividades no Hipódromo do Tarumã, além dos criadores, proprietários e turfistas de um modo geral.

O ideal seria promoção de corridas todas as semanas, mas atualmente não se pode ter esperanças que isto ocorra a curto prazo.

Apesar deste aspecto negativo, o turfe paranaense passou a viver uma fase de maior otimismo, sempre com a esperança da volta de corridas todas as semanas.