A goleada para o Fluminense quebrou a invencibilidade de oito jogos do Atlético. A atuação abaixo da média, que permitiu que o tricolor carioca dominasse o Furacão amplamente durante toda a partida, foi para os jogadores atleticanos um acidente de percurso. “Esse resultado não era esperado. Foi um dia para esquecer”, resumiu o goleiro Weverton, que tomou o terceiro amarelo e está fora do duelo contra o Atlético-MG, próximo domingo.

Para o atacante Éderson, que mais uma vez passou em branco, lamentou o revés sofrido dentro de casa para o Fluminense e frisou que a derrota não vai atrapalhar a sequência do Furacão no Brasileirão. “Foi um resultado muito ruim e que não poderia ter acontecido. Perder tudo bem, mas não como foi, por 3×0 e dentro de casa ainda. Mas a nossa confiança continua, no trabalho que estamos fazendo. Sabíamos que essa invencibilidade de oito jogos ia acabar pela qualidade da competição. Infelizmente aconteceu em casa e agora vamos buscar recuperar esse pontos fora de casa”, frisou.

Para o volante Deivid, a superioridade do Fluminense no meio de campo determinou o resultado negativo do Atlético. “Foi um dia infeliz, onde o nosso esquema não encaixou. Não estávamos no nosso melhor dia. Podíamos ficar até as dez da noite que nada ia acontecer. O Fluminense soube povoar bem o meio de campo e isso dificultou o nosso jogo”, concluiu o camisa 5 do Furacão.

Paraná Online no Facebook