O técnico Juan Ramon Carrasco não gostou nada do que viu ontem, em Londrina. Segundo ele, o Atlético foi muito diferente do que estava acostumado a acompanhar. Para o treinador, o revés por 3 x 0 para o Tubarão, com uma apresentação sofrível, é um alerta para o que o time não se acomode com a conquista do primeiro turno do Campeonato Paranaense.

O treinador quer evitar a qualquer custo que a acomodação ocorra e o time perca a chance de ser campeão direto, sem ir às finais. “Tomara que tenha sido um mau início para ter um bom final. Antes acontecer agora, para não ser mais adiante. Lamentavelmente é um aviso para que voltemos a atuar como na primeira parte [turno]”, disse Carrasco.

O uruguaio admitiu ter visto uma das piores partidas do time sob seu comando, mas nada que deva abalar o elenco ou apagar o bom início e os bons resultados do time antes deste confronto em Londrina. “Não vamos esquecer tudo por uma derrota. Isso não é comum e são partidas que esperamos que não voltem a acontecer”, afirmou.

Agora, a ordem é esquecer o resultado para que o time se concentre apenas no Operário, jogo do próximo sábado. Carrasco e o elenco já falam na expectativa para que o trabalho seja forte e no próximo jogo o time volte ao seu futebol normal. “Vamos nos preparar para a próxima partida com o Operário e não tenho dúvida de que a equipe voltará a ser o que foi”, assegurou o treinador.