Com as contusões de Mari e Paula Pequeno, a jovem Natália ganhou a posição de titular da seleção brasileira feminina de vôlei para a disputa do Campeonato Mundial do Japão, que começa na sexta-feira. Aos 21 anos, ela garante estar pronta para o desafio, prometendo ajudar o Brasil na conquista do título inédito.

“Não esperava que as coisas acontecessem tão rápido. Não esperava ser titular neste Mundial, o meu primeiro no adulto. É uma responsabilidade grande, mas todas as meninas me ajudam muito. As mais velhas chamam a responsabilidade. Vou me doar ao máximo e espero ajudar o Brasil a trazer o título mundial”, disse Natália.

Campeã mundial no infanto e no juvenil – respectivamente, em 2005 e 2007 -, Natália já vem fazendo parte da seleção adulta nos últimos anos. Assim, foi conquistando seu espaço no grupo e ganhou a confiança do técnico José Roberto Guimarães para ser a titular no campeonato no Japão.

“Jogadoras como a Mari e a Paula sempre fazem falta. São atletas experientes, já jogaram Mundial, Olimpíada. Mas a Natália vem sendo convocada para a seleção adulta desde os 16 anos. Ela foi preparada para este momento e tem se apresentado muito bem”, elogiou Zé Roberto.

Natália será uma das ponteiras titulares da seleção, ao lado de Jaqueline. Além delas, o Brasil deve ter Dani Lins, Sheilla, Fabiana, Thaisa e Fabi na estreia do Mundial, em jogo contra o Quênia, marcado para acontecer na sexta-feira, a partir das 2h30 (horário de Brasília), na cidade de Hamamatsu.