Apresentamos os destaques da semana passada, no Hipódromo do Tarumã. O movimento de apostas, apesar de prejudicado por forfés, especialmente dos dois favoritos da corrida mais importante, atingiu a soma de R$ 307.421,51.

Jóqueis – Breno Ardiles, que atravessa boa fase, foi destaque com três vitórias: Ginetasso, Fortune Hunter e Sol da Toscana, enquanto C. Coral ganhou com Somarin e Mimoso. Emerson Gonçalves Cruz, por sua vez, esteve em evidência com a vitória de Amadeus, no Clássico ABCPCC, que foi o mais difícil da reunião, com cabeça de diferença.

Treinadores – Sérgio Loezer apresentou três vencedores: Fortune Hunter, Ginetasso e Sol da Toscana, enquanto Júlio César obteve duas vitórias: Pimenta Vermelha e Mimoso. Destaque especial para Pedro Nickel Filho pela vitória de Amadeus, por desclassificação, no Clássico ABCPCC. As provas para produtos de dois foram vencidas por animais treinados por José Ventura (Que Storm), Pedro Nickel Filho (Amadeus), Amilton Aquino Farias (Shoei).

Proprietários – A vitória de Amadeus, no Clássico ABCPCC, serviu para colocar em evidência o Haras Xará Mineral Park. Destaque, ainda, para os proprietários dos produtos da nova geração que venceram: Stud Mandrake (Que Storm) e Haras Cifra (Shoei).

Criadores – Amadeus, ao vencer o Clássico ABCPCC, colocou em evidência o Haras Xará/Mineral Park, enquanto as outras provas reservadas para animais de dois anos foram vencidas por crioulos do Haras Ponta Porã (Que Storm), Haras Cifra (Shoei).

Marcas – A melhor marca registrada na semana passada foi de Pimenta Vermelha, de criação do Haras Ponta Porã e propriedade do Stud AML, que assinalou 45?8 para os 800 metros, pois o recorde da distância é de Quixote com 45?. Outro tempo que merece registro foi assinalado por Sol da Tosca, 1?41?9 nove para os 1.600 metros, cujo recorde é de Nelore Porã, com 1?39?1.