O presidente da Acep, Vadico, comanda a mesa de autoridades
que teve como destaques
Paulo Pimentel e Requião.

Várias personalidades do esporte e da política paranaense estavam entre os cerca de 300 convidados da festa de entrega da 29.ª edição da Chuteira de Ouro, realizada segunda-feira à noite, no Clube Literário do Portão. Dezessete destaques do campeonato paranaense de 2005 receberam o troféu, ofertado pelo jornal Diário Popular.

Dentre os vencedores, os únicos ausentes foram o lateral-direito Renaldo, que estava no Iraty e já se transferiu para o São Caetano, o meia Fernandinho, do Atlético, o atacante Renaldo, do Paraná, e o técnico Antônio Lopes, do Coritiba. Todos enviaram representantes para receber o prêmio. O zagueiro Marcão, do Atlético, fez um discurso de agradecimento em nome dos homenageados.

Estavam presentes na cerimônia o governador Roberto Requião, o prefeito Beto Richa, o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, João Cláudio Derosso, além de vários secretários de Governo, deputados e vereadores. O vereador Mario Celso Cunha, mestre de cerimônias do evento, agradeceu em nome do Diário Popular a presença do ex-governador e diretor-presidente do Grupo Paulo Pimentel, Paulo Pimentel, enaltecendo a saudável convivência entre ?concorrentes? da mídia paranaenses.

O destaque da cerimônia foi o discurso bem-humorado do governador Roberto Requião. Depois de elogiar a força e a tradição do Coritiba, ele vaticinou: ?No ano passado, eu disse que o Coritiba não seria tricampeão em 2005. Foi o que aconteceu. E digo novamente que não vai passar de vice no ano que vem. Vai dar Atlético?, falou, provocando risos entre os presentes.

Confira a lista dos ganhadores: Fernando (Coritiba), Renaldo (Iraty), Miranda (Coritiba), Marcão (Atlético) e Marín (Atlético); Reginaldo Nascimento (Coritiba), Alan Bahia (Atlético), Capixaba (Coritiba) e Fernandinho (Atlético); Renaldo (Paraná) e Tiago (Iraty). Também recebem as chuteiras Antônio Lopes (técnico), Ticão, do Atlético (revelação), Capixaba (craque do campeonato), Tiago (artilheiro) e Oscar Yamato, do Coritiba (dirigente).