Bird of Cord, do Stud Petrochinski, atuará na quarta prova,
sob os cuidados de Olívio Zantedeschi. Foto: Fábio Alexandre.

A reunião de hoje no Jockey Club será iniciada às 16 horas, com a realização da provas em homenagem ao saudoso criador Antonio Jorge Ribeiro de Camargo, que foi um dos destaques da história da criação do PSI no Paraná, com extraordinários animais criados no Haras Palmital.

A tradicional prova, com a participação de cinco éguas, promete movimentada decisão, pois a favorita Midnight Blue terá que correr muito para derrotar Di Trevi e Pepi Luci, que figuram como principais adversárias, podendo qualquer uma delas, com percurso favorável, derrotar a pilotada de João Sampaio Cardoso.

Entre as corridas complementares figuram três reservadas para animais da geração 2003, com destaque para a última do programa que apresenta-se com onze competidores, figurando como prováveis favoritos Uruguaio de Punta, Obsceno, Tant-Eys e o estreante Capuccino, que prometem movimentada decisão.

Não se pode esperar elevado movimento de apostas, mas caso o programa não seja prejudicado por retiradas poderá ultrapassar a soma de R$ 220 mil, somando-se o jogo das agências do Jockey Club Brasileiro, pois mesmo com as provas com campo reduzido, apresentam-se com equilíbrio.

O Pick 8 e o Betting 5, com bonificação de R$ 7 mil, deverão contribuir para que bom movimento de apostas seja registrado.

Anotações

1.º Páreo – Midnight Tiger, vindo de boas atuações, em São Paulo,  deve confirmar seu favoritismo na prova de abertura. Gostamos da dupla 4/5 com Pepi Luci, mas Di Trevi e Xara?s Prata também são boas indicações para a dupla.

2.º Páreo – Jangadeiro, credenciado pelo bom segundo que conseguiu para Dama da Arte, atuará com muita chance. Vamos indicá-lo para a ponta, mas respeitando muito Long Set, que reaparece depois de boa vitória na Gávea. Barthez e Caro Real também correrão com chance de vitória.

3.ª Páreo – Olho Grego, que tem bons trabalhos, pode estrear com vitória.Vamos indicá-lo como força, respeitando muito a parelha Bonita do Xará/Kangoo, figurando ainda com chance de vitória Obsessão que correrá como favorito da crônica.

4.º Páreo – Bird Of Cord, vindo de bom segundo, normalmente deve confirmar seu favoritismo, figurando a dupla como indicação mais difícil. Gostamos da 5/2 com Ioiô, que chegou quarto na última, mas perto do primeiro, figurando Effusion e Jagunço num plano imediato.

5.º Páreo – Tim di Yagle, vindo de bom segundo para Berlinda Glory, é o destaque desta prova, figurando Love My Life como seu maior rival, merecendo destaque, ainda, a forte parelha Nasa Glory/Rech de Ouro.

6.º Páreo – Vamos indicar como força Laborioso, mas considerando Marne Minuit  grande rival, figurando a dupla como indicação mais segura. Entre os demais competidores destacam-se Itabira e Allez Prospector, que também podem brigar pelas primeiras posições.

7.º Páreo – Harley, atravessando grande fase, pode conseguir nova vitória, figurando como favorito desta prova. Senior di Job, porém, é rival de primeira linha, destacando-se num plano imediato, com chance de vitória, Undeground-City, cujas últimas apresentações foram em Cidade Jardim.

8.º Páreo – Obom da Boca, vindo de dois terceiros, chegando perto dos primeiros, defenderá nosso voto, mas a dupla com o favorito Príncipe Ferragus é indicação mais segura, figurando como diferenças de nossa fórmula Freenow e Buquê de Rosas,

9.º Páreo – Glint of Sun, vindo de terceiro para Senior di Job, é o nosso favorito, com Prodigy na formação da dupla. Dragon Virtual e Taquara Verde, porém, são grandes rivais e, sem surpresa, podem brigar pelas primeiras posições.

10.º Páreo – A prova de encerramento é uma das mais equilibradas de hoje no Jockey Club. Uruguayo di Job é o nosso favorito, mas Tant-Eyes, nosso preferido para a dupla, é grande rival, figurando Cappuccino força imediata.