Duas eliminatórias reservadas para produtos da nova geração, sendo o terceiro páreo com dez e o quinto com nove. Além das duas provas para a nova geração o programa conta com o Clássico Luiz Gurgel do Amaral Valente, que figura como prova de abertura da Tríplice Coroa, esperando-se desta forma elevado movimento de apostas.

Além dos melhores jóqueis em atuação no turfe local, o programa do dia 11 contará com a participação de dois jóqueis que atuam em São Paulo, Altair Domingos e Nelson Souza, que figuram com diversas montarias.

Problema

Quase todas as provas que estão sendo realizadas são reservadas para produtos de 2, 3 e 4 anos, isto porque são promovidas apenas duas reuniões mensais. O problema é que os animais de 5 e mais são ficam marginalizados, com poucas possibilidade de correrem. Assim, é muito importante que o Jockey Club volte a promover corridas todas as semanas. É verdade que tudo depende dos Jockeys Clubs de São Paulo e Brasileiro, mas como a entidade carioca deverá realizar cinco reuniões semanais, é uma boa oportunidade para que o Jockey Club volta a normalidade com corridas todas as semanas. Roberto Belina, presidente da Comissão de Turfe, já realizou entendimentos com o presidente do Jockey Club Brasileiro, tratando do importante assunto.