Pela décima vez consecutiva a festa do Troféu Gralha Azul ganha dimensões elevadas junto ao maravilhoso mundo do futebol suburbano de Curitiba. Jorge Dib Sobrinho, o coordenador, ao lado do incansável companheiro Irineu Horbatiuk (idealizador) já estão ultimando os preparativos para que a festa que fecha a primeira década seja superior a todas as anteriores, ocupando provavelmente as dependências do salão do Paraná Clube, onde toda a Suburbana estará uma vez mais reunida no final da atual temporada.

Estamos divulgando hoje a primeira parcial das duas seleções que serão homenageadas na magna festividade.

Categoria de adultos

Macaco (Trieste), Fabrício (Olímpico), Fernando (Boqueirão), Edílson (Iguaçu), Leandro (Combate), Cabelinho (Fani), Maurício (C. Raso), Carlinhos (V. Hauer), Rony (Osternack), Dean (Urano) e Marquinhos (Renovicente). Técnico Marinho Lima, presidente Nedabias.

Juniores

Fábio (C. Raso), Peter (Vasco), Tiago (Fla), Alex (Boqueirão), Claudio (Osternack), Igor (Olímpico), Bruno (Renovicente), Rafael (Urano), Leandro (Combate), Rodrigo (River) e Ceará (Nacional). Técnico Gilmar do Boqueirão. Presidente José Aparecido de Souza (Osternack). Brevemente sera divulgada a segunda parcial.

Merecida homenagem Não poderia ser mais feliz o presidente do Nacional Cunico Bach em prestar homenagem ao senhor Paulo Hackemberg, um dos mais antigos ex-representantes da FPF e colaborador abnegado da crônica amadora da capital, dando o seu nome para a cabine de representação inaugurada sabado último. O Nacional foi mais além lembrando também da Tribuna do Paraná que sempre esteve ao lado da Suburbana dando o nome de Levi Mulford e Irineu Horbatiuk para a cabine de transmissão construída junto ao Estádio XV de Agosto. Melhoramentos feitos com recursos do próprio clube sem qualquer outra contribuição alheia. Parabéns C.A. Nacional. Antes das solenidades de inauguração foi disputado um jogo amistoso reunindo o time de diretores do Nacional e o já famoso time dos amigos da crônica comandado pelo Emerentino Pacca e Edo Tozin. Resultado final – 2×2. Times que jogaram – Nacional – Hamilton (Ade), Carlos, Zé Carlos, Marcelo (Calais), André, Adão, Aramis (Remi), Cão, Fábio, Ale e Marcelinho. Amigos – Cléber, Paulinho, Camargo, Zoio, Bagrinho, Amauri (Sandro), Marinho, Cláudio, Wilsinho, Fumaça e Ceará (Cristiano), comissão técnica: Pacca, Walter e Edo. Gols: Wilsinho, Marinho, Ale e Fábio. Cobertura e fotos de Irineu Horbatiuk.