O ginasta Diego Hypólito conquistou a medalha de prata no solo, na etapa da Escócia da Copa do Mundo, realizada em Glasgow, neste sábado (18). Foi a primeira competição de Diego depois da Olimpíada de Pequim, há dois meses. Ele somou 15.525 pontos e só ficou atrás do israelense Alexander Shatilov, vencedor da medalha de ouro com 15.625.

Ao viajar para a Escócia, Diego admitiu que estava ansioso pelo retorno às competições, mas mostrava-se confiante e garantia que o ?incidente? ocorrido no dia 17 de agosto, em Pequim, já estava superado. Naquele dia, na final do solo, o ginasta, que dominara as eliminatórias, fazia uma exibição perfeita. Estava bem perto da conquista da medalha de ouro quando sofreu uma queda que jogou por terra o seu sonho.

No pódio em Glasgow, ao lado de Shatilov e do grego Elefhterios Kosmisdis (bronze, com 15.525 pontos), Diego demonstrava satisfação moderada. Sorriu de maneira discreta e, ao receber a medalha de prata e o ramalhete de flores das mãos de um dirigente, agradeceu em português. “Obrigado”, disse o brasileiro. A próxima competição de Diego será de 14 a 16 de novembro, em Sttutgart, Alemanha.

Renato Oliveira, o outro representante brasileiro em Glasgow, terminou em sexto lugar. Sua pontuação na final (14.700) foi inferior aos 15.100 pontos que havia conseguido durante as eliminatórias. Renato foi o principal destaque do último sul-americano, ao conquistar o ouro na prova do solo e a prata na do salto.