Porto – Suecos e dinamarqueses não querem nem ouvir falar de um possível acordo para que ocorra um empate por 2 a 2, hoje, às 15h45, no Porto. O empate serviria para classificar as duas seleções às quartas-de-final e eliminaria a favorita Itália.

“Se fosse meu dinheiro, não apostaria nem uma libra por um empate por 2 a 2. Porém, se este for o placar no finalzinho do jogo, será um bom resultado”, disse o técnico sueco Lars Lagerback.

Porém, o empate seria mais favorável aos suecos. Para a Dinamarca, jogar pela igualdade seria arriscado, por não ter um saldo de gols tão amplo como o adversário: dois contra cinco da Suécia. Um simples 1 a 1 e uma vitória italiana, tiraria os dinamarqueses do torneio.

“A Dinamarca pode ganhar de qualquer equipe, mas também pode perder de qualquer uma. A Suécia tem um elenco forte e deixou isso claro na partida contra a Itália. Um time com excelentes jogadores, em que os atacantes não são os únicos a fazer a diferença”, alertou o treinador Morten Olsen.