Mais um desfalque para o Fluminense. Um exame realizado nesta segunda-feira detectou uma lesão no ligamento colateral medial do joelho direito do volante Diogo. Assim, ele é desfalque certo para o jogo contra o Grêmio, na quinta-feira, no Rio, pela 32ª rodada do Brasileirão, e não tem previsão de volta ao time carioca.

Diogo sofreu a lesão no domingo, quando levou uma pancada no joelho direito durante o segundo tempo do empate com o Atlético-PR, por 2 a 2, na Arena da Baixada, em Curitiba. Ele, inclusive, precisou deixar o campo carregado, o que causou preocupação nos médicos do Fluminense, que decidiram fazer o exame nesta segunda-feira.

Depois das recentes polêmicas, o departamento médico do Fluminense não informa mais o prazo de recuperação dos jogadores. Assim, não há previsão para o retorno de Diogo aos treinos. O clube se limita a informar que o volante “já começou o tratamento intensivo de fisioterapia e será reavaliado diariamente”.

O Fluminense tem sofrido com os desfalques por lesão no Brasileirão. Atualmente, o técnico Muricy Ramalho não pode contar com os atacantes Fred e Emerson, ambos contundidos. Em compensação, o meia Deco já está recuperado e foi liberado nesta segunda-feira para iniciar a preparação física para voltar ao time.

Mesmo com tantos problemas, e sem vencer há cinco rodadas, o Fluminense retomou a liderança do Brasileirão. Está com os mesmos 54 pontos do Cruzeiro, mas leva vantagem no saldo de gols. Agora, a ordem nas Laranjeiras é manter a primeira colocação, começando pelo jogo de quinta-feira, contra o Grêmio, no Engenhão.