O superintendente de futebol do São Paulo, Marco Aurélio Cunha, afirmou nesta quinta-feira que o zagueiro Miranda deverá deixar o clube em breve, tendo em vista as boas propostas que o jogador vem recebendo. O próprio atleta tem um ano de contrato com o time, mas admitiu, também nesta quinta, que “seu ciclo está perto do fim” na equipe.

Ao ser questionado se o defensor está de saída do clube, o dirigente mostrou que o adeus do atleta deverá ser o caminho natural a ser seguido por ele. “O Miranda já de algum tempo tem recebido propostas muito boas, mas vinha recusando por causa da fase que o São Paulo estava vivendo, mas agora eu acho que ele deve sair sim”, afirmou Marco Aurélio, em entrevista para a TV Bandeirantes.

No São Paulo desde 2006, Miranda optou por seguir no clube pelo fato de que o time seguia na briga pelo título da Copa Libertadores, da qual foi eliminado pelo Internacional na semifinal. Agora, porém, ele estaria propenso a buscar novos desafios na carreira depois de ter defendido o Coritiba, e o Sochaux, da França, antes de chegar à equipe do Morumbi.

Miranda também via o São Paulo como uma boa vitrine para que ele conquistasse um lugar na lista de convocados do técnico Dunga para a última Copa do Mundo, fato que acabou não acontecendo.

BARESI – Além de falar sobre Miranda, Marco Aurélio Cunha comentou nesta quinta sobre a situação do técnico interino Sérgio Baresi. Ele respaldou o trabalho do treinador e evitou falar em possíveis substitutos. “Nós temos um treinador, que se chama Sérgio Baresi, e enquanto ele estiver no comando não podemos pensar em outro nome”, ressaltou.

O dirigente são-paulino ainda se mostrou preocupado com o fato de o clube viver um momento de indefinição, já que Baresi continua no cargo como interino. Em tom amistoso, ele indiretamente cobrou uma nova posição do presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio. “Fico angustiado quando não temos as coisas bem definidas. Tomara que ele (Juvenal) efetive o Sérgio Baresi, ou, se não efetivar, que defina logo um novo treinador para que possamos estabelecer as nossas metas no Campeonato Brasileiro”, completou.