Mesmo com a derrota para o São Paulo, por 2 a 1, quinta-feira, no Morumbi, o Internacional avançou à decisão da Libertadores. E, apesar de já ter garantido vaga também no Mundial de Clubes, a equipe quer manter o foco na disputa do título continental, cuja final começa na próxima quarta-feira, contra o Chivas, no México.

“Até o final foi com o coração na mão. Estamos acostumados com isso: no sofrimento. Estamos na final mais uma vez. Vamos pensar no Mundial de Clubes depois. Queremos vencer a Libertadores de novo”, declarou o vice-presidente de futebol do Inter, Fernando Carvalho, depois da sofrida classificação diante do São Paulo.

Como os mexicanos disputam a Libertadores como convidados e não podem se classificar para o Mundial, o Inter já garantiu vaga na competição que acontecerá no final do ano, em Abu Dabi, mesmo que perca o título continental para o Chivas. Mas todos no clube gaúcho querem fazer a festa completa, ganhando também a Libertadores.

Para ajudar, o jogo que o Inter faria no domingo, contra o Santos, pelo Brasileirão, foi adiado pela CBF. Assim, o time gaúcho poderá se concentrar exclusivamente na decisão da Libertadores, antecipando até mesmo a sua viagem para o México. E, para superar o Chivas na final, os jogadores já pedem o apoio dos torcedores.

“Estou feliz demais. Temos que agradecer esta torcida. Agora estamos na final para buscar o título”, disse o volante Wilson Mathias. “Temos que valorizar o trabalho realizado na intertemporada. Agora é pensar no Chivas, nosso próximo adversário”, completou o zagueiro e capitão Bolívar, mostrando que o Inter já deixou a festa para trás.