Santos – Giovanni, Luizão e Cláudio Pitbull já não treinaram ontem, depois de terem sido afastados no sábado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo do elenco do Santos. O futuro dos três ainda é incerto, já que a diretoria do clube tenta chegar a um acordo para conseguir a rescisão contratual deles.

Com a saída desses três jogadores, o Santos espera diminuir R$ 600 mil em sua folha de pagamento mensal. Esse dinheiro seria utilizado para conseguir a contratação de outros reforços. Os nomes pretendidos são os do zagueiro André Dias, o meia Jadson e o atacante Deivid.

O diretor jurídico do Santos, Mário Mello, esteve em Portugal para conseguir a liberação de Deivid – o clube chegou a oferecer 5 milhões de euros ao Sporting Lisboa, que não aceitou. Mas a favor dos dirigentes santistas conta o desejo do jogador, que quer voltar ao Brasil, principalmente agora que sua esposa está grávida.

No caso de André Dias, o Santos espera a definição da briga do jogador na Justiça para sair do Goiás. E em relação a Jadson, o trabalho é conseguir a liberação do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Enquanto isso, os três dispensados procuram um novo clube. Luizão já avisou que gostaria de voltar ao São Paulo, mesmo caminho que pode tomar Giovanni. Já Cláudio Pitbull está nos planos do Fluminense.