Depois de ganhar o Aberto da Austrália no último domingo, superando o espanhol Rafael Nadal em uma final histórica de quase seis horas de duração, Novak Djokovic será poupado do confronto que a Sérvia fará contra a Suécia, entre os próximos dias 10 e 12, em casa, na cidade de Nis, pela Copa Davis.

O capitão sérvio Bogdan Obradovic decidiu descartar Djokovic do confronto com o suecos, tendo em vista a temporada cheia de desafios que o tenista terá pela frente. “Nós queremos poupar Djokovic para ajudá-lo a se manter como jogador número 1 do mundo e a conquistar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres”, disse.

Obradovic ainda revelou que Djokovic pretendia jogar contra os suecos pela Davis, mas o comandante mostrou confiança em um triunfo em casa mesmo sem a presença do líder do ranking da ATP. “Eu tive dificuldade de convencer Djokovic a não jogar contra a Suécia, mas acho que nós podemos vencê-los mesmo sem ele”, acrescentou.

Sem Djokovic, o capitão sérvio convocou Janko Tipsarevic, atual nono tenista do mundo, e Viktor Troicki como principais jogadores que defenderão o país contra a Suécia neste embate entre os dois países.