Com duas vitórias conquistadas na série melhor de cinco jogos na qual a Sérvia acabou derrotada por 3 a 2 pela República Checa na final da Copa Davis, no último domingo, em Belgrado, Novak Djokovic reduziu em 150 pontos a vantagem de Rafael Nadal na liderança do ranking da ATP, atualizado nesta segunda-feira.

Campeão do ATP Finals há uma semana, quando bateu justamente Nadal na decisão do torneio que reúne os melhores tenistas da temporada, o sérvio agora está com 12.260 pontos, contra 13.030 do espanhol.

Desta forma, Nadal fechará o ano com 770 pontos de vantagem sobre o vice-líder, enquanto a diferença de pontos entre o espanhol David Ferrer, o terceiro colocado, e o britânico Andy Murray, o quarto, é apenas de 10 pontos.

Ferrer, por sua vez, disputou um jogo de exibição contra Nadal no último domingo, em Lima, no Peru, onde foi batido por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4, em quadro de saibro.

Já o checo Tomas Berdych, que acumulou uma vitória na sexta-feira e caiu diante de Djokovic no domingo em duelos de simples desta final da Copa Davis, se manteve na sétima posição do ranking da ATP. Ele segue 125 pontos atrás de Roger Federer, o sexto colocado, enquanto o argentino Juan Martín del Potro é o quinto, com 1.050 pontos de vantagem sobre o suíço.

Entre os brasileiros, Thomaz Bellucci caiu uma posição e agora é o 125º tenista do mundo, mas se manteve como número 1 do País. Rogério Dutra Silva, o número 2 do Brasil, caiu mais dois postos na ATP e figura como 132º do mundo.

Confira o ranking atualizado da ATP:

1) Rafael Nadal (ESP), 13.030 pontos

2) Novak Djokovic (SER), 12.260

3) David Ferrer (ESP), 5.800

4) Andy Murray (GBR), 5.790

5) Juan Martín del Potro (ARG), 5.255

6) Roger Federer (SUI), 4.205

7) Tomas Berdych (RCH), 4.180

8) Stanislas Wawrinka (SUI), 3.730

9) Richard Gasquet (FRA), 3.300

10) Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 3.065

11) Milos Raonic (CAN), 2.860

12) Tommy Haas (ALE), 2.435

13) Nicolas Almagro (ESP), 2.290

14) John Isner (EUA), 2.150

15) Mikhail Youzhny (RUS), 2.145

16) Fabio Fognini (ITA), 1.930

17) Kei Nishikori (JAP), 1.915

18) Tommy Robredo (ESP), 1.810

19) Gilles Simon (FRA), 1.790

20) Kevin Anderson (AFS), 1.685

125) Thomaz Bellucci (BRA), 450

132) Rogério Dutra Silva (BRA), 432

139) João Souza (BRA), 406

156) Guilherme Clezar (BRA), 334