Novak Djokovic continua com a primeira colocação no ranking da ATP e pode aumentar a sua vantagem sobre Rafael Nadal, o segundo colocado. O sérvio, que soma 8.045 pontos, disputa esta semana o ATP Finals, em Londres, enquanto que o espanhol, detentor de 7.480, está fora por causa de lesão.

O ranking não registrou nenhuma alteração até a 35.ª posição. Com a queda de três lugares do italiano Andreas Seppi (38.º), ganharam um posto o alemão Philipp Kohlschreiber (35.º), o australiano Nick Kyrgios (36.º) e o húngaro Marton Fucsovics (37.º).

O argentino Guido Pella foi quem mais melhorou a sua posição no ranking ao subir sete colocações e atingir o 58.º lugar. Em 87.º aparece o uruguaio Pablo Cuevas, depois de despencar 17 lugares. Outro que não se deu bem na semana foi o eslovaco Lukas Lacko. Após perder 18 postos, é o número 96 do mundo.

O Brasil segue fora do Top 100. Thiago Monteiro, com 519 pontos, manteve o 112.º lugar. Thomas Bellucci ganhou três lugares e está na 244.ª posição, superando Guilherme Clezar, que caiu 10 postos e está em 254.º no ranking.

O melhor desempenho brasileiro na semana foi de João Souza, o Feijão, que soma 10 vitórias consecutivas em torneios da série Challenger e pulou do 406.º para o 366.º lugar, agora com 115 pontos.

Nas duplas, não houve registro de alteração nas primeira colocações. A liderança segue com o norte-americano Mike Bryan, com 9.585 pontos. O brasileiro Marcelo Melo surge em sétimo lugar, ao lado do polonês Lukasz Kubot, seu parceiro. Já Bruno Soares é o nono classificado, juntamente com o inglês Jamie Murray, com quem forma dupla.

Confira o ranking da ATP:

1.º – Novak Djokovic (SER) – 8.045 pontos

2.º – Rafael Nadal (ESP) – 7.480

3.º – Roger Federer (SUI) – 6.020

4.º – Juan Martín del Potro (ARG) – 5.300

5.º – Alexander Zverev (ALE) – 5.085

6.º – Kevin Anderson (AFS) – 4.310

7.º – Marin Cilic (CRO) – 4.050

8.º – Dominic Thiem (AUT) – 3.895

9.º – Kei Nishikori (JAP) – 3.390

10.º – John Isner (EUA) – 3.155

11.º – Karen Khachanov (RUS) – 2.835

12.º – Borna Coric (CRO) – 2.480

13.º – Fabio Fognini (ITA) – 2.315

14.º – Kyle Edmund (AFS) – 2.150

15.º – Stefanos Tsitsipas (GRE) – 2.095

16.º – Daniil Medvedev (RUS) – 1.977

17.º – Diego Schwartzman (ARG) – 1.880

18.º – Milos Raonic (CAN) – 1.855

19.º – Grigor Dimitrov (BUL) – 1.835

20.º – Marco Cecchinato (ITA) – 1.819

112.º – Thiago Monteiro (BRA) – 519

152.º – Rogério Dutra Silva (BRA) – 368

244.º – Thomas Bellucci (BRA) – 219

254.º – Guilherme Clezar (BRA) – 213

366.º – João Souza (BRA) – 115