O sérvio Novak Djokovic estreou com vitória nesta quarta-feira no Masters 1.000 de Paris. Cabeça de chave número 3 da competição, ele sofreu para superar o argentino Juan Monaco por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5, e se garantir nas oitavas de final.

Djokovic começou mal o confronto e logo de cara viu Monaco abrir 2 a 0 no placar, mas reagiu rápido para virar a parcial. Já no segundo set chegou a estar perdendo por 5 a 2 e salvou dois set points a favor do argentino no oitavo game. Em seguida, obteve uma sequência de quebras de serviço para ganhar cinco games consecutivos e liquidar a partida.

Com o resultado, Djokovic enfrentará na próxima rodada o vencedor do confronto entre o alemão Tommy Haas e o francês Arnaud Clement, que se enfrentam nesta quarta-feira. No duelo contra um deles, o sérvio tentará quebrar o tabu de nunca ter passado pelas oitavas de final em Paris.

Em outro confronto já encerrado nesta quarta, o sueco Robin Soderling venceu o croata Ivo Karlovic por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6, e avançou para as oitavas de final. Nono cabeça de chave, agora ele jogará por uma vaga nas quartas de final contra o russo Nicolay Davydenko, designado como sexto maior favorito.