O tenista sérvio Novak Djokovic, terceiro do ranking mundial, garantiu uma vaga na semifinal de Wimbledon nesta quarta-feira ao superar com muita tranquilidade Yen-Hsun Lu, de Taiwan, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/2. Djokovic enfrenta agora o checo Tomas Berdych, que surpreendeu o suíço Roger Federer.

Para vencer nesta quarta-feira, o sérvio não teve a menor dificuldade. Dominou o adversário em todo o confronto e terminou com 29 winners, contra apenas 13 de Hsun Lu. Mais agressivo, cometeu apenas um erro não forçado a mais – 17 contra 16. Em nenhum momento Djokovic cedeu um break point.

Hsun Lu, número 82 do mundo, havia surpreendido nas oitavas de final o atual vice-campeão Andy Roddick, alcançando às quartas de Wimbledon pela primeira vez. Djokovic, por sua vez, chegou pela segunda vez à semifinal – a outra, foi há três anos.