A corrida da Serra da Graciosa é uma oportunidade privilegiada de correr em uma estrada com mais de 180 anos com uma paisagem deslumbrante, em plena Mata Atlântica, um patrimônio histórico e ambiental de “tirar o fôlego”.

O evento, que realiza sua 10.ª edição no domingo, já atingiu 700 inscrições. A corrida, promovida pela Associação Pro Correr de Incentivo ao Esporte irá contar pela primeira vez coma tecnologia do chip descartável que deverá ser inserido no tênis do atleta.

O trajeto é composto por uma prova de 20 km e tem como peculiaridade a subida de 14 km ininterruptos, que se inicia com uma altimetria de 8m acima do nível do mar e chega a atingir 980m na marca do quilômetro 15 e terá a duração máxima de 2h30. Essas características fazem da corrida uma das mais difíceis do país, o que atrai esportistas de vários estados brasileiros e de países vizinhos.

Todos os atletas se reunirão na Praça Oswaldo cruz no dia da corrida, entre às 6h e 7h, e serão transportados para o local da largada em ônibus rodoviários da organização da prova.

A largada será dada às 9h, em São João da Graciosa (município de Morretes) e a chegada deve acontecer até às 12h, no Portal da Graciosa, próximo à BR-116, em Campina Grande do Sul. Estão confirmados atletas dos estados do Rio de Janeiro, Rio Grande do norte, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

A estrada estará fechada ao tráfego de veículos nos dois sentidos, entre 8h30 e 12h, conforme autorização da Polícia Rodoviária do Paraná e Departamento de Estradas e Rodagem e não será permitido o estacionamento de veículos, com exceção dos ônibus, no local de chegada da prova.