A 2.ª etapa do Campeonato Brasileiro de Arrancada que ocorreu neste fim de semana, no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais, reuniu 160 carros preparados na reta de 402 metros. O evento também foi válido como a 2.ª etapa do Paranaense. Outros 90 participaram do Desafio 201 m para carros de rua.

O tratamento especial na pista colaborou para a quebra de nove recordes no Autódromo de Curitiba. Os recordes foram nas categorias Força Livre Traseira, com Cristian Castro percorrendo os 402 metros em 8s787; Turbo Traseira (Celso Camargo 8s818); Traseira Super (Márcio Júlio 8s958); Dianteira Turbo B (Vilson Ferreira 10s897); Traseira Original (Thiago Ferreira 10s919); Dianteira Super (Harrison Marques 11s447); Street Tração Traseira (Giovani Chemin 11s632); Dianteira Turbo C (Rogério Bernardi 11s968); e Standard (Marcos Ribeiro 13s026).

Outro destaque foi o piloto Manoel Castagnon, da categoria Dragster Light (o mais rápido da competição). Ele percorreu os 402 metros em 7s576 com velocidade final de 300 km/h.

A próxima etapa da Arrancada no Autódromo Internacional de Curitiba será de 5 a 7 de julho.