O jogo desta noite é uma “prova de fogo” para o Paraná Clube. Ainda invicto na temporada, o Tricolor encara o líder Londrina, que vem embalado por três goleadas. O confronto da melhor defesa contra o melhor ataque é a principal atração desta 4.ª rodada do Campeonato Paranaense.

Apesar dos desfalques (Ângelo, suspenso, e Reinaldo, lesionado) o técnico Toninho Cecílio prefere exaltar a capacidade do grupo e conta com o apoio do torcedor para recuperar a ponta da tabela de classificação. “Sabíamos que esta semana seria decisiva, com dois clássicos e um jogo duríssimo contra a melhor equipe do interior”, destacou Cecílio, não economizando nos elogios ao adversário desta noite. “O Londrina não é o primeiro colocado ao acaso. Tem um grupo forte e algumas peças que estão desequilibrando, como o Celsinho, que a gente conhece desde os tempos de Portuguesa”, comentou o treinador paranista.

Para Toninho, isso é reflexo da organização do Tubarão dentro de fora de campo. “Eles têm uma grande estrutura. Além disso, estão treinando há mais tempo e o Cláudio (Tencatti) faz um ótimo trabalho”. O técnico só preferiu não analisar taticamente o Londrina, não dando pistas sobre os eventuais pontos frágeis que ele pretende explorar. Mesmo destacando algumas peças importantes do rival, deixou claro que não irá recorrer a marcações individuais. “Temos um sistema defensivo bem definido e que está num ótimo momento”, citou, lembrando que o seu time possui a melhor defesa do Paranaense, ainda sem sofrer gols.

Este, aliás, é o ponto forte do Paraná Clube, que ainda busca a formação ideal de meio-campo e ataque. Cecílio, nas três rodadas iniciais, sempre escalou três atacantes. Agora, já admite a “ocupação” mais intensa do meio-campo. Frente ao Toledo, reforçou a marcação com o volante Júnior Capixaba. Diante do Atlético, aumentou o poder de criação com o meia Welington. Na avaliação dessas várias facetas, o treinador dá a entender que gostou mais do time com jogadores de criação, Lúcio Flávio e Welington.

Independentemente da estratégia, o Paraná só tem um objetivo em mente: vitória e a consequente liderança do Estadual.